quinta-feira, 24 de maio de 2012

Frio pode aumentar sintomas de doenças reumáticas

Quem nunca ouvir alguém reclamar do aumento de dores nas articulações, ou nas juntas, durante o inverno? É comum, principalmente, no sul e sudeste do País, esta associação entre frio e doenças reumáticas.
Mas, o especialista, Dr. Carmo de Freitas, que há 40 anos trabalha na área da reumatologia, tendo sido um dos seus pioneiros na região do Triângulo Mineiro (MG), esclarece que apesar do frio aumentar os sintomas, essas doenças não surgem ou pioram com a chegada do inverno.
“O que acontece é que com o frio, as pessoas tendem a se encolher, o que causa a constrição da circulação sanguínea, ou seja, os vasos ficam mais estreitos, e a contratura dos tecidos,tendões e músculos. Tudo isso para que o corpo armazene mais calor. Se o paciente possui uma lesão em uma articulação, ele terá a percepção de piora da dor, podendo ter dificuldades para se movimentar e mais rigidez nas juntas”,explica o médico, que é membro titular da Sociedade Brasileira de Reumatologia.
Segundo ele, os sintomas aumentam, principalmente, nas regiões periféricas, pés e mãos, onde a temperatura é menor e, em especial, se a pessoa tiver insuficiência circulatória afetando veias e artérias.

Doenças reumáticas causadas pelo frio (divulgação)

O que fazer?
É preciso manter o corpo bem aquecido com agasalhos e recorrer a banhos de água morna ou ao uso de bolsa térmica nas áreas doloridas, para reduzir a sensação de aumento da dor durante o frio.
“O calor descontrai músculos, tendões e ligamentos, aliviando a pressão sobre as articulações e favorecendo a circulação sanguínea”, justifica Dr. Carmo de Freitas.
Porém, só isso não basta. De acordo com o médico, uma atividade física orientada, de baixo impacto, pode também, além de aquecer o corpo, lubrificar as articulações, reforçar os músculos que as sustentam e, ainda, manter o tônus, a flexibilidade e a amplitude dos movimentos.
No caso de persistência dos sintomas, o especialista lembra: “é sempre importante procurar a avaliação de um médico”.