quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Filme Cordabamba gravado em Niterói em busca de patrocinadores

Começou a ser rodado nesta semana, em Niterói, o filme Cordabamba . A maior parte das cenas será gravada em Camboinhas, mas haverá filmagens na Região Oceânica e em outros pontos turísticos da cidade.  “A ideia é mostrar as belezas de Niteroi, que vão muito além do MAC”, resume Calu Lobo, atriz que protagonizará a trama, ao lado de Miguel Nader, outro niteroiense da equipe.
A comédia romântica é uma produção independente, ou seja, mesmo sem patrocínio, já está com a agenda toda confirmada. “Vamos gravar com ou sem apoio, mas estamos buscando patrocínio para a edição e distribuição, as fases mais caras. Nosso objetivo é que ele depois seja exibido em todo o país”, completa Calu, que também é diretora de produção.
Com linguagem simples, objetiva e bem humorada, Cordabamba colocará em questão a valorização e a banalização do casamento. Um casal discute a relação de 10 anos.  E a necessidade, ou não, de apimentá-la com paixão. Parte da trama passará na cobiçada suíte nupcial do Quality Hotel. O 4 estrelas, em Camboinhas, é o principal apoiador da produção cinematográfica. Outros apoiadores são a loja AD (Itaipu Multicenter), os restaurantes Tempero, Pizzaria Torre de Pizza e Arte e Bom Buffet, Supermercado Real, Salão Amanda Studio Hair e Baces, além da produtora Elenco 5.
Este é o primeiro longametragem do diretor e ator Marcio Navarro, que atuou nas novelas Ribeirão do Tempo, Tempos Modernos, Vidas em Jogo, além dos seriados Cilada, A Grande Família, Faça Sua História, Jornal Sensacionalista, e filmes - Nosso Lar, Assalto ao Banco Central, Cilada.com, O Crime e o Burguês. Assinando assim o roteiro deste filme.
Compõem o elenco os atores Gladys Hypolito, Emanuel Risaint, Miguel Nader, Calu Lobo e Philipe Faria. Quem assina a trilha sonora é Tchello Drc, da banda Detonautas.  Toda a equipe é formada por profissionais experientes e dedicados, talentos da TV, cinema e teatro que abraçaram o projeto. Segundo Miguel Nader, “o grupo quer expandir o potencial do cinema nacional, com o propósito de reavaliar a utilização de recursos financeiros, mostrando que cinema pode ser realizado com baixo custo. Temos certeza de que o resultado será de excelente qualidade e poderemos levar Cordabamba a festivais de cinema no Brasil e exterior.” O filme será rodado em formato digital e terá aproximadamente 80 minutos.

Gravação do filme Cordabamba em Niterói (divulgação)


Ficha Técnica
Formato de filmagem: Full HD (Gravado com Canon 7D ou 5D)
Formato de exibição: Digital
Duração: 80 minutos (aproximadamente)