sexta-feira, 15 de julho de 2011

Instituto Vital Brazil garante bem estar das serpentes neste inverno

Animais precisam de climatizador para manter qualidade de vida na estação do frio
Chegou o inverno e, com ele, vem o frio. Quem gosta de sentir frio? Se você respondeu que gosta, saiba que as serpentes sentem exatamente o contrário. Isso porque as cobras são animais ectotérmicos, ou seja, elas regulam sua temperatura pelo ambiente, diferente dos humanos que tem sua temperatura regulada independente do local que estejam. Para que, os animais estejam protegidos contra o frio, o Instituto Vital Brazil possui climatizadores em seus plantéis, que regula a temperatura entre 20º e 22ºC.
 Na Fazenda Vital Brazil, em Cachoeira de Macacu, o sistema é um pouco diferente. Lá, as cobras ficam soltas nas baias e por isso, o aquecimento total do lugar não é indicado. Foi criado um sistema extensivo, uma espécie de caixa onde são acopladas lâmpadas para o aquecimento do local. As cobras ficam onde se sentem mais a vontade de acordo com a temperatura do ambiente (dentro da caixa, próximas a ela ou do lado de fora).
 “O frio é prejudicial para esses animais, pois diminui a velocidade normal de seu metabolismo, elas entram em estado de hibernação, que dificulta a alimentação, propicia maior risco de infecção e pode levar amorte”, disse Cláudio Machado, coordenador da Divisão de Herpetologia do Instituto Vital Brazil. Cláudio explica que com o retardo do metabolismo, as cobras entram num estado de letargia e há também a diminuição da produção de veneno, substância primária para fabricação do soro antiofídico.

Instituto Vital Brazil Niterói (Divulgação)


O Instituto Vital Brazil (www.vitalbrazil.rj.gov.br) é uma empresa de ciência etecnologia do Governo do Estado do Rio de Janeiro ligado à Secretaria de Estado de Saúde. É um dos 18 laboratórios oficiais brasileiros e um dos três fornecedores de soros contra o veneno de animais peçonhentos para o Ministério da Saúde. 
Localizado na Rua Maestro José Botelho, 64, Vital Brazil, em Niterói.