quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Centenário de Jorge Amado: o Romance, a Bahia e o Cinema na Caixa Cultural do Rio de Janeiro

Mostra de Cinema exibirá produções de grandes diretores baseadas na obra do escritor brasileiro

A CAIXA Cultural apresentará de 7 a 12 de agosto, a mostra de cinema 100 Anos de Jorge Amado: O Romance, a Bahia e o Cinema em homenagem ao centenário de nascimento de um dos mais importantes autores brasileiros, que teve seus livros traduzidos em mais de 30 idiomas.
Na programação da mostra serão exibidos 11 filmes, entre longas ecurtas-metragens, ficções e documentários, selecionados entre as produções mais representativas, adaptadas da literatura de Jorge Amado para as telas docinema. O evento promoverá ainda duas palestras abordando o processo de transposição da poesia de Jorge Amado para as telas dos cinemas, com participação de diretores e especialistas em cinema.
Com uma obra naturalmente cinematográfica levada para as telonas, Jorge Amado tem enorme importância para a história da cinematografia nacional.“Seu estilo de romance ficcional foi reconhecido por inúmeros prêmios internacionais, e no Brasil ganhou o maior retorno que um autor poderia ter: o acolhimento do povo, que compreendeu a obra como parte de si mesmo, por considerar Jorge Amado um tradutor da essência da alma brasileira”,afirma a curadora Susanna Lira.
A riqueza e a diversidade da obra de Jorge Amado ganha contornos poéticos de extrema força imagética através dos olhares de diretores como Glauber Rocha, João Moreira Salles, Bruno Barreto, Sergio Machado, Fernando Sabino, Nelson Pereira dos Santos, Arnaldo “Siri” de Azevedo e Cecília Amado (neta do escritor).
A sessão de abertura apresenta na terça-feira, 07 de agosto, às 15h, o filme Tieta do Agreste, de Cacá Diegues (1996) e Capitães da Areia, de Cecília Amado, (2011), às 18h. Em seguida, será realizada uma palestra, com entrada franca, com participação de Guy Gonçalves (co-diretor de Capitães da Areia) e Renata Almeida Magalhães (produtora associada do filme Tieta do Agreste).
O público da mostra será brindado também com um catálogo que traz o resumo dos filmes, fotos e duas entrevistas inéditas com Cecília Amado, neta do escritor, e com o cineasta Cacá Diegues.


Programação:
07 de agosto
15h: Tieta do Agreste, de Cacá Diegues (Brasil, 1996, 140 min.) 18 anos
18h: Capitães da Areia, de Cecília Amado, (Brasil, 2011, 96 min) 16 anos
20h: Palestra Os desafios de transpor a obra de Jorge Amado para o Cinema. Com Guy Gonçalves(Co-diretor de Capitães da Areia) e Renata Almeida Magalhães (Produtora associada do filme Tieta do Agreste)

08 de agosto
16h: Na casa de Rio Vermelho, de Fernando Sabino e David Eulálio Neves (Brasil, 1974, 10min.) Livre/ e Jorge Amado, de João Moreira Salles (Brasil/França, 1992, 43 min) Livre
18h: Tenda dos Milagres, de Nelson Pereira dos Santos (Brasil, 1977, 132 min) 14 anos

09 de agosto
16h: Dona Flor e seus Dois Maridos, de Bruno Barreto (Brasil, 1976, 110 min) 16 anos
18h: Jubiabá, de Nelson Pereira dos Santos, (Brasil, 1987, 110 min) 14 anos

10 de agosto
16h: Meu Adorável Fantasma, de Robert Mulligan (EUA, 1982, 93 min) Livre
18h: Quincas BerroD’água, de Sérgio Machado (Brasil, 2010, 104 min) 14 anos
20h: Palestra A pluralidade da obra de Jorge Amado no audiovisual. Com Sérgio Machado (Diretor de Quincas Berro D’água) e Mauro Alencar (Doutor em teledramaturgia pela Universidade de SP)

11 de agosto
16h: Capeta Carybé,de Agnaldo Siri Azevedo (Brasil, 1996, 21 min.) Livre/ e Jorjamado no Cinema, de Glauber Rocha ( Brasil, 1977, 36 min.) Livre
18h: Tieta do Agreste, de Cacá Diegues (Brasil, 1996, 140 min) 18 anos

12 de agosto
16h: Na casa de Rio Vermelho, de Fernando Sabino e David Eulálio Neves (Brasil, 1974, 10 min.) Livre/ e Jorge Amado, de João Moreira Salles (Brasil/França, 1992, 43 min) – Livre
18h: Capitães da Areia, de Cecília Amado (Brasil, 2011, 96 min) – 16 anos





Serviço:
100 anos de Jorge Amado: o Romance, a Bahia e o Cinema
CAIXA Cultural Rio – Cinemas 1 e 2
Avenida Almirante Barroso, 25, Centro - Rio de Janeiro
Data: de 07 a 12 de agosto de 2012
Horários: Consultar a programação
Ingressos: R$ 2 e R$ 1 (Meia-entrada. Além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia)
Bilheteria: terça-feira a domingo, das 10h às 20h
Lotação:
Cinema 1: 78 lugares (mais 3 para cadeirantes)
Cinema 2: 80 lugares (mais 3 para cadeirantes)
Classificação: consultar programação por filme
Acessopara pessoas com deficiência
Patrocínio: Caixa Econômica Federal e Governo Federal
Programação completa da CAIXA Cultural: www.caixa.gov.br/caixacultural