quinta-feira, 10 de maio de 2012

Rio de Janeiro sediará evento que discutirá sobre a Segurança do Alimento Pescado neste sábado

Diante da recente polêmica da presença de metal pesado nos peixes, o Rio de Janeiro sedia, neste sábado, dia 12 de maio, o evento Segurança do Alimento Pescado, onde será discutida a higiene dos frutos do mar que consumimos no Brasil. 
A atividade terá carga horária de 08 horas, com o objetivo de capacitar profissionais a evitarem contaminação nos produtos, como, por exemplo, a salmonela que é constante preocupação de restaurantes japoneses.
A sustentabilidade será outro assunto que entrará na pauta, tanto na parte de aquicultura como da pesca. De acordo com a professora e veterinária Eliana Mesquita, deve-se pensar numa mudança de postura do mercado brasileiro, que deveria se preocupar tanto com os impactos dos resíduos na atividade, quanto com a qualidade do alimento. “Na aquicultura, por exemplo, é preciso dar atenção especial aos métodos de cultivo dos organismos marinhos para não comprometer a saúde à mesa, comenta Dra. Eliana.
As inscrições já estão abertas e o valor do curso, ministrado pelas veterinárias professora Eliana Mesquita, Flávia Calixto e Cynthia Rubião, a partir de R$ 240.
O programa incluirá o Codex Alimentarius, a segurança do pescado, a composição química do pescado, o panorama da pesca marítima no Estado do Rio de Janeiro, os processos gerais de conservação de pescado, os perigos químicos nos pescados, os riscos biológicos em moluscos (biotoxinas) e peixes (toxinas e parasitos), as alterações post-mortem e as inovações tecnológicas na área.


Serviço:
Data: 12 de maio (sábado)
Prédio da BioSafe
Av. das Américas, 1650, bloco 2 - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro
Duração: 08:30 às 12:30 e 14:00 às 18:00
Haverá coffee-break e entrega de certificado (para aqueles com participação > 75%)
Investimento: A partir de R$ 240
Para mais informações, a empresa dispõe o telefone (21) 3154-1137 e o email contato@biosafelab.com.br.