quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Livro Leonel Brizola – A Legalidade e outros pensamentos conclusivos será lançado na Câmara de Vereadores de Niterói

Na quarta-feira, 08 de fevereiro será lançado em Niterói o livro Leonel Brizola – A Legalidade e outros pensamentos conclusivos, que narra o movimento da Cadeia da Legalidade, ocorrido em 1961, no Rio Grande do Sul, quando o então governador Leonel Brizola encampou a Rádio Guaíba e montou uma rede de mais de 100 emissoras de rádio, encurralando os militares que eram contrários à posse de João Goulart na presidência da República, após a renúncia de Jânio Quadros.
Brizola, 40 anos depois do Movimento da Legalidade, afirmou ter cultivado uma grande frustração, a ponto de dizer, na fase conclusiva de sua vida: “Na Legalidade, perdemos uma chance que a História nos deu de bandeja”. Brizola queria enfrentar os militares golpistas e fechar o Congresso Nacional, convocando, logo em seguida, uma Constituinte.  Mas Jango conciliou e veio o golpe de 1964. Um CD acompanha o livro onde uma parte dos fatos relacionados à Legalidade é narrada pelo próprio Brizola.
No livro, Brizola revelará a sua opinião sobre diversos temas políticos atuais, através de transcrições de suas falas recolhidas ao longo dos anos pelos organizadores da publicação: Osvaldo Maneschy, Ápio Gomes, Paulo Becker e Madalena Sapucaia somam mais de 300 horas de gravação de palestras, discursos e entrevistas, entre 1991 e 2004.


O lançamento será a partir das 19 horas, na quarta-feira, 08 de fevereiro, no saguão da Câmara dos Vereadores de Niterói, à Avenida Amaral Peixoto, 625, Centro. Uma publicação da Editora Nitpress. Investimento: R$ 40.