quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Espetáculo “Sotaques do Fole” com Dino Rocha e Grupo (MS) – Circuito Sonora Brasil

Último espetáculo do Sonora Brasil trará para Uberlândia Dino Rocha e Grupo (MS)
Evento promovido pelo SESC terá entrada franca e fará parte do maior projeto de circulação musical do País


Neste sábado, 19 de novembro, acontecerá às 20 horas, no Teatro Rondon Pacheco, a 4ª e última apresentação do circuito Sonora BrasilSotaques do Fole, neste ano, em Uberlândia. O evento contará com a presença do acordeonista sul-mato-grossense, Dino Rocha e Grupo, e terá entrada franca.
Conhecido como o Rei do Chamamé, Dino Rocha desenvolveu sua carreira apresentando o repertório da tradição musical local sempre preocupado com a preservação de suas características mais autênticas. Acordeonista, compositor e cantor, começou a tocar sanfona aos nove anos e aos 16 se apresentava profissionalmente com seu primeiro grupo, Los Cinco Nativos, da cidade sul-mato-grossense de Ponta-Porã.
Em sua carreira, apesar de ter tocado com músicos brasileiros consagrados na vertente popular, sempre privilegiou e permaneceu fiel às tradições da música regional, evitando em sua interpretação e em suas composições o uso de elementos musicais que pudessem modificar a essência e a pureza da tradição.
Acompanhado dos violonistas Hugo Cesar e Tico Rocha, chamamezeiros com larga experiência, Dino Rocha se apresenta com seu acordeão de 120 baixos. O repertório trará a tradição musical da região do Mato Grosso do Sul, que abrange desde a chegada dos paraguaios na passagem dos séculos XIX e XX até os dias de hoje, incluindo composições autorais.


Sonora Brasil

Tendo como objetivo difundir o trabalho de artistas que se dedicam à construção de uma obra de fundamentação artística não comercial, o Sonora Brasil consolida-se como o maior projeto de circulação musical do país.
Somente em 2011, estão sendo realizados 420 concertos, em 110 cidades, a maioria distante dos grandes centros urbanos. “A ação possibilita às populações o contato com a qualidade e a diversidade da música brasileira e visa à formação de plateia. Para os músicos, propicia uma experiência ímpar, colocando-os em condição privilegiada para a difusão de seus trabalhos e, consequentemente, estimulando suas carreiras”, salienta a diretora do SESC Minas Uberlândia, Roseane Cence Lopes.
Pela primeira vez, em sua 14ª edição, o projeto Sonora Brasil apresentará dois temas – Sotaques do Fole e Sagrados Mistérios: vozes do Brasil – a serem desenvolvidos no biênio 2011/2012, com a participação de quatro grupos em cada tema.
Neste ano, o primeiro tema está circulando pelos estados das regiões Sul e Sudeste, enquanto o segundo segue pelos estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Em 2012, na 15ª edição, procede-se a inversão para que os grupos concluam o circuito nacional. Com essa nova metodologia, o projeto passa a ter um planejamento bienal, contando com a participação de oito grupos.
Uberlândia já recebeu três espetáculos relacionados à temática Sotaques do Fole, neste ano: a gaita-ponto,com o músico Gilberto Monteiro (RS), a sanfona de oito baixos, com o músico Truvinca (PE), e dois dos maiores acordeonistas da atualidade, o Duo Ferragutti/Kramer (SP e RS). “Agora, será a vez da cidade conhecer o acordeão de120 baixos de Dino Rocha”, convida Roseane.


Dino Rocha e grupo no Circuito Sonora (divulgação)
Serviço:
Espetáculo “Sotaques do Fole” com Dino Rocha e Grupo (MS) – Circuito Sonora Brasil
Dia: 19 de Novembro (sábado)
Horário:  20 horas
Teatro Rondon Pacheco
Entrada Franca