quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Alunos do Projeto Olho Portátil da periferia de Uberlândia visitam estúdio audiovisual

Olhar atento, celular ou câmera na mão e internet. Estas são as ferramentas do Projeto Olho Portátil que, desde o início do ano, trabalha a cultura digital como ferramenta de expressão artística e inclusão social para cerca 80 crianças e adolescentes de 11 a 14 anos da periferia de Uberlândia-MG.
Os participantes do Projeto estão produzindo vídeos completos e totalmente autorais nas categorias Ficção, Documentário e Animação. “A proposta é que produzam e comuniquem-se pelo universo digital, utilizando mídias acessíveis, ao gravar os vídeos com aparelhos celulares e postá-los na internet”, explica André Salomão, coordenador das oficinas do projeto.
Para enriquecer o aprendizado, os participantes do Olho Portátil farão, sob orientação da professora Iara Helena Magalhães, uma visita ao estúdio de audiovisual da UNITRI – Centro Universitário do Triângulo, nesta sexta-feira, 18 de novembro.
“Em cada turno, haverá uma visita orientada ao estúdio, onde conhecerão os equipamentos e locações utilizados pelos alunos do curso de Produção Audiovisual para produção de filmes e, ainda, participarão de uma mini oficina de cinema feito com as mãos (dedos), ministrada por ex-alunos do curso que trabalham com cinema e educação em instituições da cidade”, informa André.
Os participantes utilizarão os celulares do Projeto para produção de vídeos e registro do passeio e oficinas. Alguns desses vídeos poderão ser vistos no blog oficial: www.olhoportatil.blogspot.com

INSTITUTO ALGAR
A Algar acredita que a educação é o caminho que vai levar o Brasil a uma realidade melhor. É por isso que, desde 1994, o Grupo investe em programas sociais voltados à comunidade, com objetivo de contribuir para melhoria da qualidade da educação brasileira. Essa decisão da Algar é operacionalizada, desde 2002,  pelo Instituto Algar e reflete o compromisso com asustentabilidade, que permeia todas as ações do Grupo.
São três programas sociais que juntos chegam a 10 cidades, 108 escolas, 10,8 mil alunos e 492 educadores e a participação voluntária de 436 associados da Algar. Dentre eles, o Programa Algar Transforma, que atende 7 bairros de Uberlândia com objetivo depromover o desenvolvimento humano de alunos do ensino fundamental realizando ações de Educação Integral no contraturno escolar.
O Projeto Olho Portátil é realizado pelo EMCANTAR, por meio do Programa Algar Transforma – do Instituto Algar – e viabilizado pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais com as escolas estaduais Lourdes de Carvalho eProfessor Ederlindo Lannes Bernardes e as Ongs CASA e Ação Moradia.


Projeto Olho Portátil em Uberlândia (divulgação)

Serviço:
Visita ao estúdio de audiovisual da UNITRI – Projeto Olho Portátil
Data: 18 de Novembro (sexta-feira)
Horários: 8h às 10h (manhã) e 14h às 16h30 (tarde)