quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Show da Banda Spin XXI no Teatro Municipal de Niterói

A banda SPIN XXI se apresentará nesta quinta-feira, 1º de Setembro, às 20 horas, no Teatro Municipal de Niterói. A banda conhecida como SPIN na década de 70, também teve o nome de Contraponto (em 1978/1979) quando assumiu formação diferente, (na época uma temporada de três dias no Teatro Municipal de Niterói foi sucesso com casa lotada).  À volta aos palcos trouxe uma nova suíte de 25 minutos além das músicas do CD Contraponto, lançado no Brasil, Europa, EUA e mundo afora.
Mantendo-se fiel ás suas origens, com uma mistura de vários estilos, (clássico, jazz e rock...), mas predominantemente Progressivo Sinfônico. A banda define o seu som como MPB (Música Progressiva Brasileira), aonde as influências brasileiras de ritmos não aparecem claramente estampadas nas composições do grupo, mas sim assimilados e adaptados.
Apesar da influência folk, acústica e country SPIN XXI é uma banda elétrica, mas acima de tudo eclética. Preservando o espírito da música arte dos anos 70, em suas composições e sonoridade.
Reuniram-se, pela primeira vez em 1972 e hoje fazem parte da formação:
Kakao Figueiredo (vocais principais, instrumentos incidentais - teclados, guitarras e percussões) dono de um estúdio em Niterói, estudou canto lírico com o barítono Paulo Fortes e regência na UFRJ. Dentre suas principais influências estão Peter Gabriel, Milton Nascimento e Raul Seixas;
Tatoo Magdalena (guitarras e violões e vocais) guitarrista de mão cheia que utiliza a técnica de tocar guitarra com dedeiras (como no Banjo) para atingir resultados inesperados. Entre suas influências estão: Santana, Bela Fleck, Steve Howe e Steve Hacket;
Eraldo Márcio Corrêa (teclados) é pianista formado pelo Conservatório Brasileiro de Música e suas principais influências são Rick Wakeman, Tony Banks e Nelson Freire;
Sylvio Sá Corrêa (bateria e percussão) fez vários cursos de bateria e estudou com Dámaso Cerruti. Sua escola vem do jazz e suas principais influências Bill Brudford e Phil Collins;
Marcelo de Alexandre Venâncio (baixo, vilões e vocais) não participou da formação inicial, mas já ajudava a banda participando das produções e tem como algumas de suas influências, Chris Squire e Mike Rutherford.

O PROJETO

            A Banda SPIN XXI nasceu no ano de 1972, no Rio de Janeiro / Niterói.Jovens estudantes se encontravam em jam sessions tocando Beatles, Santana, Status Quo, Som Imaginário e Focus. Em pouco tempo a Banda SPIN começou a compor suas próprias músicas, com a informação vindo de todos os lados musicais foi nascendo o som, do SPIN.
            Muitas bandas e artistas da época eram ouvidos e serviram de influencia para o som da Banda, tais como, Gênesis, Yes, Genlte Giant, Focus,Camel, Milton Nascimento,Mutantes, Terço,Beatles e Villa Lobos. Durante os anos seguintes o SPIN se apresentou num circuito de Escolas, Teatros e Clubes do Rio de Janeiro com shows memoráveis e até mesmo em uma ocasião, sendo obrigados a fazer uma segunda apresentação na mesma noite por super lotação do Teatro (Cinema da UFF Niterói / RJ / 1977 ).
            Em 1979 o SPIN mudou de nome para Contraponto devido a mudanças na sua formação, fez alguns Shows memoráveis tais como: temporada de 3 dias no Teatro Municipal de Niterói, Colégios São Vicente de Paulo e Bennett no Rio de Janeiro, Grajaú Tênis Clube Também no Rio e Clube Petropolitano em Petrópolis R.J, entre outros. Em 2002 os amigos voltaram a se reunir e veio a idéia de registrar todas aquelas músicas e idéias que nasceram nos anos 70.
            Recuperar o espírito e a filosofia de vida, a sonoridade do Rock Progressivo Brasileiro setentista , agora com mais vigor e experiência chamando esse novo projeto de SPIN XXI , misturando no som da tudo o que foi ouvido durante todos esse anos. Agora o SPIN XXI com o seu novo CD Contraponto se prepara para novos horizontes, Shows, novos CDs e DVDs com o intuito de difundir e divulgar as idéias que ficaram presas durante todo esse tempo.

SPIN XXI e o CD Contraponto

Parece que o Rock Progressivo está ressurgindo, calcado principalmente em bandas dos anos 70 que voltam à ativa. Mais um remanescente daquela geração é o SPIN, grupo formado em Niterói, que alguns anos atrás, lançaram o CD Contraponto, no Brasil Europa e restante mundo com distribuição do Selo Francês, MUSEA.
Formada por KakaoA Figueiredo (vocais), Carlos Tatoo (Guitarras), Eraldo Márcio Correa (Teclados), Sylvio Sá Correa (Bateria) e Marcel de Alexandre (Baixo), a banda registrou quatro músicas que seguem a tradição do bom progressivo.
Compostas na década de 1970 , “Sensações Diversas”, “Buscando Algo de Novo”, Conflitantes Paranóias” e “ Ventos do Passado “, carregam em si tanto a impetuosidade da juventude - nas letras e concepção musical -  quanto maturidade - na execução e na interpretação. Com levadas interessantes, vocais marcantes e todos os outros elementos que assinalaram o movimento musical daquela década – ritmos quebrados, influências folk, convenções e improvisos, o álbum é indicado para todos que gostam de um instrumental elaborado e vocal bem posicionado, bem a ver com o título do disco.
O SPIN XXI é a prova de que o Progressivo Nacional produziu e produz vários grupos. E  que muitos deles, mesmo 30 anos depois, continuam  com a mesma força.





SERVIÇO
BANDA SPIN XXI - TEATRO MUNICIPAL DE NITERÓI
Data: 1° de setembro
Horário: 20 horas
Valor: R$ 20
Classificação etária: 10 anos
Duração: 80 minutos
Local: Teatro Municipal de Niterói
Endereço: Rua XV de Novembro, 35 – Centro
Informações: 2620-1624
Outras Informações: Kakao (2711 – 3104 / 9971 – 5304 / kko.studio@gmail.com) www.kkostudio.com/spin/ www.myspace.com/spinxxi / www.kkostudio.com